20 de jan de 2013

Depressão X Crochê

Amigas, hoje recebi esse email e confesso que chorei.
Leiam com atenção:
"Querida Katia, 
há 7 anos sofro de depressão e síndrome do pânico. Um belo dia, estava abaixo de medicamentos, muito tonta, me sentindo mal, mas mesmo assim comecei a olhar os blogs de crochê, pois sei fazer um pouco dessa bela arte. Me deparei com seu blog, fiquei maravilhada com tantos trabalhos lindos. Mesmo desanimada porém encorajada pela minha mãe e meu marido, comprei a apostila I. Comecei a fazer o trabalho que achei fácil..cachecol  Correntes. Executei ele em poucas horas, e amei o resultado. Depois disso, parei de pensar em coisas tristes, problemas, tristezas e fui para o próximo trabalho...cordão Nature...e não parei mais. Já comprei as suas três apostilas e já fiz muitos trabalhos lindos. Mas para alegria da minha família, meu médico diminuiu meu anti-depressivo e deixei de tomar altas doses de Rivotril. Consigo sair sozinha, pois minha crise do pânico não existe mais. Agora sou uma pessoa  feliz, pois sei que minha depressão está no fim, ou quem sabe controlada. O crochê foi meu maior remédio e as suas apostilas "maravilhosas", me ajudaram a sair do inferno em que vivia. Obrigado Katia, do fundo do meu coração."
Tive que compartilhar esse relato com vocês. Não mencionei o nome da moça que me escreveu, obviamente. Fiquei muito emocionada, pois se uma pessoa melhorou de uma doença que afeta a alma e denigre o corpo, o meu empenho em fazer esse cantinho ser agradável e bonito aos olhos...valeu muito a pena!
 Hoje vou dormir imensamente FELIZ!

Estes foram alguns dos trabalhos que inspiraram a moça.
Dizem que depressão não tem cura, porém tem controle. 
Então meninas...vamos fazer crochê e ser feliz!
Com  muito amor...



31 comentários:

  1. Kátia querida...

    Lí o relato da moça e fiquei aqui pensando o
    quanto podemos fazer a diferença na vida de alguém.
    Infelismente, a depressão aumenta a cada dia,
    dizem os psicólogos e terapeutas. O vazio existencial é a
    causa de muitos tormentos emocionais.
    Fazer arte como o crochê, a costura, trico, etc...
    nos coloca muito próxima a nós mesmas.
    É um terapia de paciência, observação, reflexão...
    pois enquanto tecemos a nossa imagiñação vai além,
    muito além,
    da parte material. Nos traz entusiasmo, vontade de viver e o mais importante
    uma
    motivação para que no final do dia

    ResponderExcluir
  2. Olá Katia, que testemunho bonito !!! Realmente o artesanato faz milagres , é algo que fazemos com as próprias mãos e ver peças nascidas muitas vezes das cinzas de nós mesmos como desta artesã, nascem obras de arte magníficas que fazem um grande obra em nossas vidas!! Vem do dom de Deus dentro de nós !!! Obg por compartilhar testemunho tão lindo e que bacana vc ter sido o instrumento para essa obra acontecer!!!

    Tenha um domingo abençoado!!!

    Beijos


    Katia Ribeiro

    ResponderExcluir
  3. Oi, Kátia!
    Tomara que todas as pessoas do mundo, que sofrem deste mal, procurem esta terapia com linhas e agulhas...
    Conheço muitas pessoas que se enroscaram no tricô e salvaram suas vidas... Bjs!
    Luciana B Bulhões
    Floripa - SC

    ResponderExcluir
  4. Katia,

    Muito gratificante saber que seu trabalho lindo ajuda e muito outras pessoas. O crochê e tricô realmente tem o poder de mudar a vida de uma pessoa e são sim terapia.
    Eu já tive depressão e sei muito bem como é ruim!
    Por isso toda vez que vejo alguém nessa situação me sensibilizo!
    Parabéns por fazer a diferença!
    Se puder passe no meu blog, amarei sua visita!
    www.cantinhodapatiasai.blogspot.com.br
    Bjos!
    Pati Asai

    ResponderExcluir
  5. Katia,

    Muito gratificante saber que seu trabalho lindo ajuda e muito outras pessoas. O crochê e tricô realmente tem o poder de mudar a vida de uma pessoa e são sim terapia.
    Eu já tive depressão e sei muito bem como é ruim!
    Por isso toda vez que vejo alguém nessa situação me sensibilizo!
    Parabéns por fazer a diferença!
    Se puder passe no meu blog, amarei sua visita!
    www.cantinhodapatiasai.blogspot.com.br
    Bjos!
    Pati Asai

    ResponderExcluir
  6. Sem comentários....
    Já valeu a pena qualquer coisa que tenha passado querida katia!
    Não tem preço.
    Super feliz em ler esse relato. Obrigada.
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. seu Blog é muito inspirador mesmo amiga,eu sou prova disso tbm!!! é muito bom saber que o nosso trabalho abençoa a vida de alguém!!! Bjos no coração!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Kátia fiquei emocionada pelo depoimento ,realmente os trabalhos de croche ,trico ,enfim todo o tipo de artesanato é,uma verdadeira terapia ,e os comentários com nossas amigas nos blogues nos acalma e ao mesmo tempo nos anima a seguir em frente.Eu mesma tive muito apoio das minhas seguidoras ,num momento difícil.A ,vida é assim mesmo ,resta a nós administrar,os acontecimentos e problemas que forem surgindo.Parabéns pelo depoimento e por compartilhar conosco.Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Kátia li seu comentário e me emocionei ,realmente os trabalhos de croche e trico ,enfim todo tipo de artesanato é uma terapia ,e os comentários de nossas amigas do blog nos acalma e ao mesmo tempo nos anima ,eu mesma passei por um momento difícil e as mensagens que eu recebi ,me deu um conforto .Parabéns pelo depoimento e por compartilhar conosco .Beijos.

    ResponderExcluir
  10. OLÁ.EMOCIONANTE,MESMO.SEUS TRABALHOS SAO MARAVILHOSOS.BEIJAO

    ResponderExcluir
  11. OLÁ.EMOCIONANTE,MESMO.SEUS TRABALHOS SAO MARAVILHOSOS.BEIJAO

    ResponderExcluir
  12. Oi Katia, quanta saudade de passear por seu blog! Que linda mensagem, como essa arte funciona como um terapia, imagino você lendo, que bom saber que fez o bem para alguém!!!
    Mil beijos pra ti, Cá.

    ResponderExcluir
  13. Fue algo muy conmovedor....Me alegro muchiisisimo por esa chica que salio adelante y te felicito y agradezco que hayas decidido hacer el blog...Gracias por inspirarnos con tus heeermosas creacionees :D que Dios te bendiga :3

    ResponderExcluir
  14. Um testemunho deste faz tudo valer a pena. Bom domingo e boa semana. Bjs.

    Jussara
    http://caminhandonaarte.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

  15. Querida Kátia,que bom saber que em certos momentos fizemos a diferença na vida de uma pessoa.Tua sensibilidade passada nos teus lindos trabalhos contagiou essa moça, e que bom que ela pode usar a arte do croche como terapia de apoio e hoje está feliz.Fico feliz também por você.Seja sempre abençoada e com muita luz no teu caminho.Beijão.

    ResponderExcluir
  16. ola
    Li gostei com este testemunho nos faz tão felizes , e a arte do croche pode fazer milagres ,acompanhada dos seus trabalhos sempre maravilhosos sabe tão bem quando sabemos que alguem ficou bem bjs e boa semana .

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga:algo parecido aconteceu comigo:eu mostrei meus trabalhos para uma amiga que mora na Espanha,que se sentia um pouco sozinha e meio desanimada,comece a mandar enlaces , ela se empolgou ,fez as primeiras peças e não parou mais,agora faz coisas bonitas para presentear e atê para vender.Eu sempre falei ,para mim também o crochê foi uma salvação,ele e uma ótima terapia. Me faz sentir feliz e poder continuar a viver a pesar de todas as dificuldades e os problemas que são bastantes,Gracias a Deus que me levou a una aula de crochê no ano 2001 no salão de artesanato da igreja do meu bairro onde hoje eu passo adiante ,como voluntaria, o que vou aprendendo.Tu eres uma inspiração para todas nos que amamos o crochê,Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Nossa que testemunho triste e que bom que ela te achou e atraves da arte esta conseguindo se curar e com o auxilio de seu blog e apostilas renasceu para a vida. Eu mesma busquei muita inspiracao nas tuas pecas que acho lindas. Bjos

    ResponderExcluir
  19. Nossa que testemunho triste e que bom que ela te achou e atraves da arte esta conseguindo se curar e com o auxilio de seu blog e apostilas renasceu para a vida. Eu mesma busquei muita inspiracao nas tuas pecas que acho lindas. Bjos

    ResponderExcluir
  20. Oi kátia.
    O testemunho só prova os seus trabalhos maravilhosos.
    Sempre vale o artesanato.
    Parabéns a pessoa e a voce.
    bjtos.Nile.

    ResponderExcluir
  21. Lindo o relato dessa moça. Tb confesso que fiquei emocionada ♥
    Ka querida amiga, parabéns!!!! O seu trabalho é maravilhosamente deslumbrante e atingir as pessoas fazendo o bem é mais ainda maravilhosamente deslumbrante. Um trabalho para a alma pois quando é feito com amor, carinho, respeito, dedicação... se atinge os olhos e principalmente o coração.
    Parabéns a moça tb que soube dar a volta por cima e esquecer o que tinha, fazendo essa linda arte que é o crochê ♥
    Bjssss nesse coração lindo
    Japinha

    ResponderExcluir
  22. Que história linda!
    Para mim essa terapia tem ajudado muito!

    Seu blog é lindo!! =D

    ResponderExcluir
  23. Puxa que legal, realmente os trabalhos manuais levantam a gente do desanimo, mas qdo. eu impaco, vixi demoro a pegar no crochê novamente, é bom ler isso, sucesso...bjs.

    ResponderExcluir
  24. Olá Kátia,
    Só de pensar que ela melhorou já é uma vitória!
    Eu faço artes para não usar tarja preta, as mulheres da minha família usam e olha que só tias são 22. Eu faço artesanato e como diz o meu médico não teremos doença de Alzheimer.
    Beijos, Carla

    ResponderExcluir
  25. Que linda historia Katia! com certeza vc foi um instrumento nas mãos de Deus, por isso que é maravilhoso compartilharmos o que sabemos, afinal esta escrito : de de graça oque de graça recebeste. esse nosso dom de ser artesã amiga pode ter certeza não é por acaso, fico feliz por vc ,parabéns! um forte abraço!

    ResponderExcluir
  26. Oi Katia

    Linda essa história...ja conheço bem pessoas que sensoiraram em blogs de Artesanato para melhor depressão e etc...Você nem imagina.....vamos morar pertinho....Moro no Ribeirao da Ilha num bairro chamado Tapera que fic perto do Campeche.Faco academia lá, vou ao supermercado,açougue étc E um bairro excelente com boa praia, boa infraestrutura e um dos locais que mais esta crescendo na Ilha.....vamos os ver sempre.....A gente se Irene sempre ou aqui em casa ou na casa da minha amiga Magaly que mora no Campeche.me avise logo que mudar. Bjs Heloisa

    ResponderExcluir
  27. Rosélis Bonilla21/01/2013 21:38

    muito emocionante, deve estar orgulhosa por contribuir assim na vida de alguém ....muito lindo, que bom que ela está melhorando, pânico é horrível, parece que a gente vai morrer a qualquer momento. Kátia está faltando uma página dos teus trabalhos no facebook !!!! Beijo

    ResponderExcluir
  28. Sempre muito motivador receber palavras assim, parabéns pelos seus trabalhos tão lindos.

    bjim

    ResponderExcluir
  29. Fico muito comovida,até porque, em um mundo tão egoísta, ainda há pessoas que fazem a diferença, por um simples gesto, sem intenção alguma, sem nem mesmo saber o que está fazendo, mas pode estar salvando a vida de um irmão necessitado. Você, uma pessoa sem maldades, que apenas ama aquilo que faz e, sem egoísmo, repassa a sua sabedoria, este sim, é o verdadeiro sábio, aquele que ensina o que sabe e tem a humildade suficiente para aprender com os outros. Assim, como a garota, eu também passei por esta experiência e entre pânicos, depressões e sensações de morte, com muito esforço também peguei receitas no teu blog e de outras crocheteiras e comecei a trabalhar como louca, enchi duas sacolas de cachecóis, colares, entre outras outros, mas como desabafo, na tentativa de lutar contra o desânimo e a enorme vontade de morrer para não sentir o que estava sentindo. Juntei tantas coisas até que a minha mãe ofereceu a terceiros para que eu ganhasse um dinheirinho com aquelas artes, com os trabalhinhos consegui controlar aquela tortura do pânico e retornar ao meu trabalho, pois há 5 anos estava em licença médica. Hoje consigo andar sozinha, com alegria. Quanto aos crochês, infelizmente tive que parar, porque, com tudo aquilo que sentia, tive a minha hipertensão aumentada, até vir um problema nos olhos que quase os perdi, mas, graças a Deus, tive apenas a visão um pouco diminuída e pretendo retomar os meus trabalhinhos de crochê e fazer as peças lindas da tua apostila que guardo com carinho, aliás, cheguei a começar uma peça, mas calculei errado o tamanho, devo retomá-la. Obrigada por tudo, Katia. Sem pretender, você faz a diferença de verdade. Bjs.

    ResponderExcluir
  30. Olá Kátia, esta é minha primeira visita e este tópico me chamou a atenção, vivo algo parecido com da amiga acima, e venho me recuperando com as agulhas, realmente você e outras artesãs da web nos abrem um mundo de possibilidades e sonhos, na tristeza criamos uma toalhinha, uma peça diferente, ganhamos um elogio e nos sentimos vivas novamente... obrigada por partilhar seus encantos e assim ajudar pessoas como eu e a amiga a sonhar um novo amanhã.

    ResponderExcluir
  31. Olá Kátia, esta é minha primeira visita e este tópico me chamou a atenção, vivo algo parecido com da amiga acima, e venho me recuperando com as agulhas, realmente você e outras artesãs da web nos abrem um mundo de possibilidades e sonhos, na tristeza criamos uma toalhinha, uma peça diferente, ganhamos um elogio e nos sentimos vivas novamente... obrigada por partilhar seus encantos e assim ajudar pessoas como eu e a amiga a sonhar um novo amanhã.

    ResponderExcluir

Querida amiga! Fico muito feliz em saber que não saiu sem deixar seu comentário, pois ele é muito importante. Venha me visitar sempre!
beijo

Katia Missau

Receba atualizações da " A Magia do Crochê" em seu email

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...